Como iniciar uma horta – 10 passos de um expert em Hortas

iniciar uma horta

Criar uma horta em seu quintal não precisa ser complicado se você seguir estas etapas essenciais.

iniciar horta

O cultivo de hortaliças é uma experiência extremamente gratificante, e essas plantações caseiras têm um sabor muito melhor do que as compradas em lojas. O cultivo oferece uma infinidade de recompensas, além dos saborosos vegetais, pois a jardinagem pode oferecer benefícios para a saúde física e mental decorrentes do fato de colocar as mãos no solo.

Pode parecer assustador pensar em como começar uma horta. Então, por onde começar a visualizar a horta dos seus sonhos e torná-la realidade no seu quintal? Bem, hoje em dia há muitos lugares para procurar ideias inspiradoras de hortas, incluindo TV, livros e revistas e plataformas de mídia social como Instagram e TikTok.

horta caseira

10 ETAPAS PARA INICIAR UMA HORTA

Há muito o que levar em consideração ao iniciar uma horta. Antes mesmo de semear uma semente ou plantar qualquer coisa no solo, você precisa pesquisar e planejar onde quer cultivar, o que quer cultivar, como quer cultivar e fazer algum trabalho físico para preparar o local.

Entretanto, vale a pena todo o tempo e esforço envolvidos, pois a satisfação de comer seus próprios vegetais cultivados em casa é inigualável. Depois de começar, você não vai querer parar. Você vai querer cultivar mais, experimentar novos cultivos, novas variedades – isso pode ser contagiante.

1. ESCOLHA UM LUGAR

Você deve escolher um local em seu quintal no qual suas hortaliças se desenvolvam bem. Isso significa encontrar um local para sua horta que receba muito sol, de preferência cerca de seis a oito horas por dia. Existem hortaliças que podem ser cultivadas na sombra e que ficarão felizes, embora nenhuma se divirta crescendo em locais totalmente sombreados, portanto, evite locais com árvores pendentes ou na sombra de edifícios.

Qualquer local para uma horta deve ser nivelado e protegido de ventos fortes que possam danificar as plantas. O solo deve ser bem drenado e definitivamente não deve ficar encharcado no inverno – um problema que infelizmente encontrei quando, durante o primeiro inverno no meu loteamento, descobri que toda a água do local escorria para o meu canto e meus canteiros de hortaliças se transformavam em piscinas por longos períodos.

O local deve ter acesso conveniente e, de preferência, estar próximo a uma fonte de água, para que você não precise carregar regadores ou arrastar mangueiras para muito longe. Por fim, é preciso ter um solo rico e fértil, embora isso possa ser corrigido e existam opções para usar canteiros elevados ou jardineiras externas se o solo não for adequado para o cultivo de hortaliças.

lugar da horta

3. COMECE PEQUENO

Se estiver planejando como iniciar uma horta no seu quintal, o tamanho potencial provavelmente será ditado pelo espaço que você tem no quintal. Algumas pessoas podem ter grandes planos ao planejar uma horta, mas se você for iniciante no cultivo de hortaliças, talvez seja melhor começar com um espaço pequeno.

Começar com foco em ideias de hortas pequenas permite que você aprenda e tenha essa satisfação sem o risco de se frustrar com uma horta grande que se torna daninha e fora de controle rapidamente. Começar com um espaço pequeno significa que você pode ter uma noção do tempo que as coisas levam para crescer e se nutrir e do tempo envolvido na remoção de ervas daninhas, rega, fertilização e colheita.

Pode levar mais tempo do que o esperado e ninguém quer se desiludir ao transformar um grande espaço no quintal em uma horta que, na verdade, não tem tempo para cuidar em sua vida agitada. Se quiser transformar uma grande área, isso pode ser feito lentamente ou as seções não cultivadas podem ser cobertas com papelão grosso ou plástico para sufocar as ervas daninhas.

começando horta

3. TESTE SEU SOLO

Seu solo será o elemento mais importante ao iniciar uma horta – ele será o fator decisivo para o sucesso da plantação. Recomenda-se testar o solo para verificar o tipo, o pH e a composição de nutrientes antes de plantar qualquer coisa, para que você saiba com o que está trabalhando. E isso lhe dá a chance de fazer quaisquer alterações, se necessário. Um teste de pH informará o grau de acidez ou alcalinidade do solo; o ideal é que ele seja neutro, pois é o melhor para a maioria das plantas.

Para uma horta, o ideal é que o tipo de solo seja solto e bem drenado. A estrutura, a fertilidade e a saúde do solo de qualquer horta podem ser melhoradas com a adição de adubo, esterco bem apodrecido ou matéria orgânica no local e com a continuidade dessa prática ano após ano. Fertilizantes adicionais também podem ser usados para dar um impulso de curto prazo do qual as plantas se beneficiarão.

teste o solo

4. GERENCIE SUA HORTA

Depois de identificar o local perfeito para a sua horta, a próxima etapa para iniciar uma horta é considerar como você deseja administrar esse terreno.

Tradicionalmente, os produtores cavavam suas parcelas a cada inverno – com uma ou duas escavações – e trabalhavam com muito estrume bem apodrecido ou matéria orgânica durante o processo. No entanto, hoje em dia há um pensamento mais comum de que a jardinagem sem escavação ou sem preparo do solo é o caminho a seguir. Acredita-se que cavar e trabalhar demais o solo prejudica a estrutura e a vida microbiana benéfica do solo.

A jardinagem sem escavação envolve a colocação de um nível de base de papelão e, em seguida, o acúmulo de composto ou matéria orgânica por cima, aumentando-o a cada inverno. Os materiais sufocam as ervas daninhas e dependem das minhocas para incorporar o composto ao solo ao longo do tempo. Atualmente, esse é um método muito popular de cultivo e tem muitos benefícios. Eu mesmo comecei a administrar meu lote usando os princípios de não escavação e trabalhei em hortas que não eram escavadas. Considero essas formas de cultivo muito bem-sucedidas e me classifico como um defensor desse método de cultivo.

Como alternativa, você pode criar hortas completas usando canteiros elevados, o que lhe permite ter mais controle sobre o solo em que está cultivando. Os canteiros elevados também podem ser benéficos para pessoas com problemas de mobilidade, pois é possível ajustar a altura do canteiro elevado para atender às suas necessidades. Você pode construir um canteiro elevado com madeira, tijolos, metal ou outros materiais, ou adquirir kits de construção..

Há também a opção de cultivar apenas em vasos e recipientes, o que significa que há muito espaço para ideias de recipientes para hortas. Isso pode proporcionar a oportunidade de cultivar hortaliças mesmo que não tenha muito espaço ao ar livre e só possa cultivar em pátios ou em uma varanda.

gerencie sua horta

5. LIMPE E REMOVA ERVAS DANINHAS

Antes de semear qualquer semente ou colocar qualquer planta no solo, há a tarefa de limpar a área e prepará-la para a horta. A quantidade de trabalho envolvida dependerá de onde você está planejando o terreno e o que havia nessa área anteriormente.

Qualquer lixo, detritos, tijolos ou pedras grandes precisam ser removidos e o solo precisa ser limpo de ervas daninhas, especialmente ervas daninhas perenes, que devem ser removidas totalmente com as raízes para evitar que voltem. Se quiser dicas sobre como se livrar das ervas daninhas, você pode removê-las manualmente, sufocá-las para suprimi-las, queimá-las ou usar produtos químicos como último recurso.

Se estiver planejando converter uma área de gramado, a grama também precisará ser levantada. Isso, a menos que esteja planejando não cavar ou fazer um jardim de lasanha, pois esses canteiros podem ser criados diretamente em cima de gramados ou ervas daninhas existentes. Se você levantar uma área de gramado, empilhe a grama de cabeça para baixo e ela se decomporá ao longo de um ano, dando origem a um adorável composto caseiro que pode ser colocado de volta no canteiro.

Se desejar, cave e revolvendo o solo, quebre os torrões grandes e adicione bastante composto ou matéria orgânica antes de nivelar o canteiro.

cuidar da horta

6. ESCOLHA SUAS CULTURAS

Certamente, uma das partes mais empolgantes de se pensar em como começar uma horta é planejar o que será cultivado. Há uma gama enorme e variada de hortaliças que podem ser cultivadas, e a leitura de sites e catálogos de sementes pode ser assustadora para um novato.

Entretanto, o melhor caminho é cultivar o que você e sua família gostam de comer. Sempre há espaço para algumas experiências, mas uma boa maneira de começar é pensar no que você come regularmente e se concentrar em cultivar isso. Se você come muitas cenouras, opte por ver como cultivar cenouras – até mesmo para essa única raiz, haverá muitas variedades diferentes que você pode experimentar e que não serão encontradas nos supermercados.

Outra boa tática seria começar experimentando alguns dos vegetais mais fáceis de cultivar, como alface, rabanete, ervilha, feijão, cenoura, couve ou beterraba. Um bom conselho é não ter pressa e seguir as estações. Quando começar a semear ou plantar, sempre siga as orientações dos pacotes de sementes para evitar cometer erros comuns de semeadura. Pode ser mais fácil falar do que fazer, mas evite tentar semear ou plantar coisas cedo, pois, na maioria das vezes, isso não acaba bem.

escolhendo horta

7. ESCOLHA SEU MÉTODO DE CULTIVO

Depois de folhear os catálogos de sementes ou navegar pelos sites dos varejistas e decidir quais hortaliças deseja cultivar em sua horta, vem a próxima decisão: como cultivá-las. Geralmente, há várias opções disponíveis. Você pode cultivá-las a partir de sementes, comprar pequenas plantas para envasar e cultivar, ou obter plantas que possam ser plantadas diretamente na horta.

Cada uma delas tem suas próprias vantagens e desvantagens. Por exemplo, as sementes são a maneira mais barata de cultivar hortaliças, mas geralmente é necessário um local quente para germiná-las – se você quiser colheitas mais precoces – e espaço para propagá-las e cultivá-las.

As sementes podem ser semeadas diretamente no solo quando o solo aquece, e as culturas de raízes, como cenouras e pastinacas, sempre precisam ser semeadas diretamente, mas esse pode ser um método mais inconsistente do que semear dentro de casa e cultivá-las para plantar.

Plugues ou plantas podem ser adquiridos on-line ou em centros de jardinagem e são uma opção mais cara – embora os plugues sejam mais baratos do que as plantas adultas – mas podem proporcionar um impacto mais imediato, pois são mais fáceis de cultivar e podem ser plantados diretamente no terreno.

Pense no que funciona melhor para você em termos de orçamento, tempo e espaço e, em caso de dúvida, tente manter as coisas o mais simples possível.

método de cultivo

8. ROTAÇÃO DE CULTURAS E PLANTIO COMPLEMENTAR

Ao planejar sua horta e decidir quais culturas crescerão onde, vale a pena levar em consideração a rotação de culturas e o plantio complementar.

A rotação de culturas significa mudar o local de cultivo das hortaliças na horta ano após ano. Isso oferece vários benefícios, inclusive a prevenção do acúmulo de doenças no solo e pode melhorar a fertilidade do solo, ajudando-o a obter maiores rendimentos de sua colheita.

O plantio complementar é um método orgânico de proteger as culturas contra pragas e doenças, por meio do simples processo de plantar culturas benéficas próximas umas das outras. Algumas culturas, por exemplo, os alliums, como cebola e alho, impedem que as pragas ataquem outras pelo cheiro que emitem. Portanto, usá-los para o plantio de cenouras, por exemplo, significa que o cheiro das cebolas deterá a mosca da cenoura.

Se você pesquisar com antecedência, descobrirá que tanto a rotação de culturas quanto o plantio associado podem ser usados para oferecer um controle simples e orgânico de pragas e doenças para sua horta.

plantar

9. INSPIRE-SE

Aqui vem outra parte divertida de como iniciar uma horta. Esse é o processo de projetar e planejar a horta. Aqui está a chance de se inspirar e ser criativo para criar a horta dos seus sonhos.

Leia muitos livros e revistas e também use as mídias sociais, como o Instagram e o YouTube, para ver as hortas de outras pessoas e se inspirar. Há muitos influenciadores de hortas populares que podem ser vistos publicando fotos e vídeos diários de seus lotes, com jardins que variam de grandes hortas a propriedades rurais, loteamentos e minúsculas hortas urbanas em pequenos quintais.

Há dicas, truques e conselhos de jardinagem que podem ser encontrados em todas as mídias sociais – portanto, use isso como uma ferramenta ao pensar em como iniciar uma horta em seu quintal. Haverá muitos produtores que começaram com um espaço exatamente igual ao que você está planejando, então por que não pegar emprestadas algumas ideias daqueles que tiveram sucesso?

inspiração horta

10. CONSTRUÇÕES E ESTRUTURAS

Isso pode ser apenas um luxo para aqueles que têm quintais maiores ou orçamentos maiores, mas no início do planejamento de uma horta é o melhor momento para planejar quaisquer estruturas ou construções grandes que você queira.

Estruturas como estufas, politúneis ou estruturas frias podem ajudar a aumentar o número de hortaliças que você pode cultivar, abrindo a porta para mais plantas que gostam de calor e que talvez não se desenvolvam ao ar livre em seu clima. A lista de hortaliças que podem ser cultivadas em uma estufa é longa e a maioria das culturas poderá aproveitar essa proteção, mesmo durante os meses mais frios do inverno.

Essas construções também permitem que você estenda a estação, comece a plantar sementes mais cedo e ofereça áreas internas para cultivar vasos, caso ainda queira se dedicar à jardinagem quando a chuva chegar. As estufas e as estruturas frias também são uma ótima maneira de proteger as plantas da geada, e as estufas de quintal estão mais populares do que nunca. Há também muitas maneiras de criar uma estufa “faça você mesmo”, portanto, mesmo que o orçamento esteja apertado, há opções disponíveis.

Embora não seja tão glamouroso, incorporar um galpão ou uma construção no quintal à sua horta pode aumentar o armazenamento no quintal para que você possa guardar e organizar ferramentas e acessórios. Isso também ajuda a organizar o quintal e significa que você não precisa carregar ferramentas por um longo caminho até o terreno.

Há também a possibilidade de considerar a colocação de arames em paredes ou cercas para cultivar plantas trepadeiras, ou colocar arcos ou outras estruturas de jardim que os vegetais, como as abóboras, possam escalar. Isso lhe dá a chance de cultivar vegetais verticalmente e aproveitar o espaço que nem sempre é utilizado.

estrutura para horta

PERGUNTAS FREQUENTES

POSSO TRANSFORMAR MEU GRAMADO EM UMA HORTA?

Sim, é possível converter facilmente um gramado em uma horta produtiva. Há alguns métodos diferentes disponíveis. Você pode remover a grama do gramado usando uma pá ou um levantador de grama, que removerá os centímetros superiores da grama. Em seguida, cave a área, removendo as ervas daninhas à medida que avança e incorporando matéria orgânica ao solo antes de nivelá-lo com um ancinho.

A alternativa é fazer um canteiro sem escavação em cima do gramado. Para isso, basta colocar papelão diretamente sobre a grama e, em seguida, adicionar uma camada espessa de composto – cerca de 10 a 15 cm – sobre o papelão. Você pode então plantar ou semear diretamente no canteiro depois que ele estiver nivelado.

QUE TIPO DE SOLO É MELHOR PARA UMA HORTA?

O solo tende a se apresentar em três tipos: argila, areia e silte. Você também verá com frequência o termo argila usado para descrever o solo, o que significa uma combinação ideal dos três tipos, geralmente em torno de 40% de areia e silte e 20% de argila. A argila retém a água e retém os nutrientes, além de drenar bem o excesso de umidade.

Não é de surpreender que o solo argiloso seja o solo ideal para a maioria das plantas, inclusive para os vegetais. Ele também deve ter muita matéria orgânica misturada, como composto, esterco bem podre ou mofo de folhas, que pode fornecer nutrientes, melhorar a estrutura do solo e ajudar na drenagem. Teste seu solo para ver a composição de argila, areia e silte para entender quais ajustes precisam ser feitos para criar uma argila perfeita.

começando horta

Começar uma horta é uma perspectiva empolgante e uma experiência que deve ser aproveitada. O cultivo de hortaliças em casa tem o potencial de transformar sua vida e, mesmo que esteja começando aos poucos, eu o recomendaria a qualquer pessoa. Faça sua pesquisa e seu planejamento, e depois vá em frente.

Lembre-se de tirar muitas fotos para acompanhar seu progresso e fazer muitas anotações sobre o que cultivou e como foi. Além de serem lembranças preciosas, elas o ajudarão a transformar seu cultivo de hortaliças ano após ano, pois você poderá ver o que funcionou e o que não deu tão certo. Se você tiver espaço para começar uma pequena horta com alguns vasos, eu o encorajo a tentar.

Deixe um comentário